Español | Português
Lattes theme logo
CONGRESSO INTERNACIONAL

Património cultural e arquivos de família nos arquipélagos da Macaronésia
Cultural heritage and family archives in the iberian atlantic islands (Macaronesia)

Tenerife, 16 ao 19 de maio de 2018

1ª Circular

As universidades de La Laguna (ULL), Las Palmas de Gran Canaria (ULPGC), Madeira (UMa), Açores (UAç) e Cabo Verde (UCV), em conjunto com o Instituto de Estudos Medievais (IEM) da Universidade Nova de Lisboa, o Centro de Humanidades (CHAM) da Universidade Nova de Lisboa-Universidade dos Açores e o Arquivo Nacional de Cabo Verde (ANCV) e com o patrocínio da Dirección General de Patrimonio Cultural del Gobierno de Canarias, convidam a comunidade científica, proprietários privados de arquivos de familia e membros de instituições culturais e científicas a apresentar as suas propostas de comunicações para o congresso internacional Herencia cultural y archivos de familia en los archipiélagos de la Macaronesia, que se celebrará em Tenerife entre o 16 e 19 de maio de 2018.

Na última década varias linhas de investigação em história e arquivística, têm promovido novas perspetivas de investigação sobre a construção dos arquivos e das fontes históricas. Estas novas correntes, no campo da arquivística histórica e da epistemologia da história, colocam a questão da revalorização dos arquivos de família, não só como repositórios de fontes documentais alternativas aos arquivos institucionais da Igreja e do Estado, mas também como objetos de estudo em si mesmos, devido ao contexto específico de criação e transmissão do arquivo familiar construído à margem dos espaços oficiais do poder político-institucional coevo. Isto faz dos arquivos de família um património comum cujo valor transcende a sua dimensão histórica envolvendo a toda a sociedade, uma vez que resultam especialmente interessantes como expressão de identidades, memórias e discursos históricos plurais. Precisamente porque integram um património cultural comum, a proposta que fazemos é a de aprofundar o conhecimento dos arquivos de família dos arquipélagos da Macaronésia.

O congresso vai-se articular em torno quatro mesas temáticas além de uma conferência inaugural sobre arquivos de família e arquivos de comunidade. Cada mesa temática será precedida de uma comunicação por convite que introduzirá o eixo temático da mesma. Os eixos temáticos de cada mesa serão os seguintes: (1) Os arquivos de família como património cultural da comunidade, (2) a procura duma nova relação entre investigação histórica, arquivos e fontes documentais, (3) o contexto histórico particular dos arquivos de família nas sociedades atlânticas e, especialmente, nos arquipélagos atlânticos e (4) as políticas culturais que se estão a desenvolver no espaço atlântico para contribuir para a conservação, investigação e difusão deste património.

Através desta primeira circular apela-se aos historiadores, proprietários de arquivos, arquivistas e ao resto da comunidade científica a participar nas sessões do congresso. Apela-se igualmente à apresentação de comunicações na secção de comunicações livres inseridas nas quatro sessões do Congresso.

2ª Circular

Caros congressistas:

De acordo com o calendário divulgado na Primeira Circular, terminou o prazo de envio de propostas de comunicações no passado dia 16 de fevereiro de 2018. O comité organizador deseja antes de mais expressar um agradecimento pelo interesse que este congresso tem suscitado quer na comunidade científica, quer nos centros de arquivo, bem como entre os proprietários de arquivos de família. Através desta Segunda Circular pretende-se prestar aos congressistas algumas informações de caráter prático:

Local do Congresso

  • As sessões do Congresso ocorrerão no Salón de Actos do Archivo Histórico Provincial de Santa Cruz de Tenerife, situado no Camino La Hornera, nº 78, La Laguna. CP. 38296. (ver localização do arquivo e contato).

Sessões do Congresso

  • Findo o processo de avaliação de propostas, o programa do Congresso inclui 22 comunicações por inscrição, 3 comunicações por convite, 6 conferências e uma mesa redonda, distribuídas por quatro seções (ver programa definitivo do Congresso).

  • A duração das conferências será de 35-40 minutos.

  • As comunicações (por convite e livres) deverão ter a duração máxima de 10 minutos. Para promover a interação entre os comunicantes e o público, desaconselhamos vivamente a leitura dos respectivos textos.

  • O Salón de Actos, onde decorrerão as sessões, tem um projetor digital (para apresentações em Power Point, PDF, vídeos, etc.), mas não dispõe de acesso à Internet. Pedimos aos conferencistas e aos comunicantes que tenham em conta estes condicionamentos técnicos e que desculpem o transtorno que os mesmos possam causar.

  • Os moderadores de cada seção do Congresso apresentarão as conferências e as comunicações e farão um controlo rigoroso dos tempos de intervenção.

  • No final da apresentação de cada conjunto conferência / comunicações, está previsto um tempo de debate sobre as mesmas.

  • A mesa redonda - secção 4 “Políticas culturais e arquivos de família” - terá a duração de 1 hora e 15 minutos e versará sobre as várias iniciativas desenvolvidas pelos diferentes arquivos relativamente à salvaguarda, tratamento e difusão dos arquivos de família.

  • As atividades de sábado, 19 de maio, consistirão num passeio pela Vila e Porto de Garachico onde os congressistas serão recebidos pelo Presidente da Câmara da mesma vila. Visitar-se-á o centro histórico ao que se seguirá um almoço de encerramento, oferecido pelo Ayuntamiento de Garachico.

  • No final do almoço, o Diretor Geral do Património Cultural do Governo das Canárias proferirá algumas palavras de despedida aos participantes e às autoridades e fará o encerramento do Congresso.

Quotas de inscrição para os congressistas com comunicação aceite. Quota de 30 euros por comunicação, a pagar por transferência bancária. O procedimento de pago ser-lhes-á comunicado por e-mail pela Secretaria da Organização do Congresso.

Quotas de inscrição para os congressistas sem comunicação. Foram reservadas 25 vagas para congressistas sem comunicação.

  • As pessoas interessadas em participar no Congresso como assistentes sem comunicação deverão solicitar a sua inscrição por e-mail à Secretaria da Organização conarcmac.tcd@gobiernodecanarias.org

  • A inscrição dos congressistas sem comunicação deverá solicitar-se entre os dias 23 de abril e 7 de maio de 2018. N.B. Os e-mails enviados antes da data prevista não serão considerados.

  • Uma vez confirmada a reserva pela Secretaria da Organização será indicado o número da conta bancária e um prazo para o pagamento da quota de inscrição no valor de 20 euros. Os inscritos deverão enviar um comprovativo de pagamento à Secretaria do Congresso (mediante e-mail) para concluir a sua inscrição.

Alojamentos associados

  • A empresa de logística encarregada da organização do Congresso, MBA Consultores tem uma oferta de alojamento com preço vantajoso nos seguintes hotéis de La Laguna:

    • La Laguna Gran Hotel: quarto individual sem pequeno almoço: 91 euros; quarto duplo sem pequeno almoço: 107 euros.

    • Hotel Aguere: quarto individual com pequeno almoço: 58 euros; quarto duplo com pequeno almoço: 76 euros.

  • Estes preços vigoram para as reservas efetuadas antes do 15/04/2018.

  • Os congressistas que desejem beneficiar destas tarifas deverão fazer a reserva diretamente nos hotéis indicados e referir, no momento em que efetuarem a reserva, que participam no Congreso Internacional Herencia Cultural e Arquivos de Familia nos Archipiélagos de la Macaronesia.

3ª Circular

Caros congressistas:

Pretende esta Terceira Circular fornecer algumas informações adicionais sobre o congresso:

Gravação de conferências e de comunicações:

De forma a atingir uma maior difusão das investigações apresentadas no congresso proceder-se-á à gravação da mesa redonda, das comunicações e das conferências aqui apresentadas. Será feita a divulgação das mesmas através dos repositórios e canais próprios das instituições participantes no congresso que assim o pretenderem. De forma a garantir a proteção de dados pessoais dos congressistas que não desejem que as suas intervenções sejam gravadas solicitamos que os mesmos o comuniquem antecipadamente ao secretariado do congresso através do seguinte email: conarcmac.ctcd@gobiernodecanarias.org

Entrega dos textos definitivos para publicação:

O comité tem prevista a publicação de um livro de atas. Perante algumas dúvidas surgidas, a organização esclarece que será dado aos congressistas algum tempo após o congresso para que possam inserir nos textos alterações sugeridas ou informações surgidas no decorrer do intercâmbio e debates, próprios deste tipo de eventos.

Abertura de inscrições para congressistas sem comunicação:

Informamos que a inscrição de congressistas sem comunicação deverá ser feita entre os dias 23 de Abril e 7 de Maio através de email. Na página do congresso - www.congresoarchivosmacaronesia.com poderão encontrar mais informação para formalização da inscrição, mais concretamente no link intitulado: Segunda Circular. Nesta página poderão igualmente consultar o programa completo do congresso.

Agradecemos toda a divulgação que possam fazer desta informação.

Atentamente,

Calendário

Envio de propostas de comunicação (resumos):
12-12-2017 ao 16-02-2018

Aceitação de propostas de comunicação (resumos):
26-02-2018

Inscrição e receção de comunicações aceites (texto completo):
26-02-2018 ao 16-04-2018

Inscrição de congressistas sem comunicação:
23-04-2018 ao 07-05-2018

Contato

Secretaria de Organização do Congresso:
conarcmac.ctcd@gobiernodecanarias.org

Redes Sociais

Programa do Congresso

Abertura
11:00 h. Exmo. Sr. Presidente do Governo das Canárias e representantes das universidades participantes.
Conferência inaugural
12:00 h. “Arquivos de familia e arquivos de comunidade”.Dra. Maria de Lurdes Rosa. IEM/NOVA.
Seção 1. Os arquivos de família: património familiar e património cultural da comunidade
Moderadora: Dra. Maria João da Câmara. CHAM/NOVA
16:00 h. Conferência: “Archivos y noblezas en la Península Ibérica: una idea y sus papeles” Dr. D. José Antonio Guillén Berrendero (Universidad Rey Juan Carlos).
16:45 h. “El Fondo Montañés en el Instituto de Estudios Canarios (IECan): del rescate a la difusión” Dr. González Zalacaín, R; Hombre Vega, I; Dr. León Álvarez, A. Instituto de Estudios Canarios.
16:55 h. “Azar y diseño inteligente en el Archivo Acialcázar” Pinto Sancristóval, P. Archivo Acialcázar (Las Palmas de Gran Canaria).
17:05 h. Coffee break
17:30 h. “Descripción del Archivo Cullen y Betancourt-Castro” Cullen Salazar, J. Archivo Cullen y Betancourt-Castro (La Orotava).
17:40 h. “El Archivo Familiar Brier, un trabajo previo antes de su donación” Amador Amador, R; Gómez-Pablos Calvo, C. Universidad de La Laguna.
17:50 h. “Reconstrucción de un archivo familiar disperso: Antonia Navarro Mira y el ascenso social del yo femenino a través de las fuentes documentales” Pellín Payá, J. L. Universidad de Alicante.
18:00 h. “Documentos familiares en archivos municipales. El fondo Lugo-Viña-Massieu del Archivo Municipal de La Orotava” Rodríguez Maldonado, S. M. Universidad de Sevilla.
18:10 h. “Um arquivo açoriano: 500 anos de açorianidade”. Dr. Athayde, A. Fundação do Jardim José do Canto (Azores).
18:20 h. DEBATE
Seção 2. História, arquivos e fontes documentais
Moderadora: Dra. Ana Viña Brito. Universidad de La Laguna.
10:00 h. Conferência: “Historia, archivos y fuentes documentales: antiguos problemas, nuevas perspectivas”. Dr. Joseph Morsel. Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne.
10:55 h. “La construcción de la memoria de las familias nobiliarias a través de sus archivos”. Gutiérrez de Armas, J. Universidad de La Laguna- IEM/NOVA .
11:05 h. “O Inventário dos documentos da Ilha da Madeira no Arquivo da Casa de Castelo Melhor. Conteúdos, Contextos e problemáticas”. Dra. Rosa, M. L; Leme, M.; Cabral, S; Duarte, F; Galveia, G; Novais, R; Reis, P; Ribeiro, S. FSCH-Universidade Nova de Lisboa.
11:15 h. Coffee break
11:35 h. “Sociedade, administração e instituições na ilha do Fogo: representação(ões) no(s) arquivo(s) de família dos seus capitães donatários (séc. XVI-séc. XVIII)” Lopes, F. IEM/NOVA - École Nationale des Chartes.
11:45 h. “La empresa de familia: el Archivo Amarelli”. Dra. Bongarzone, A. Università Magna Graecia di Catanzaro (Italia).
11:55 h. “La vocación atlántica del archivo ducal de la casa de Medina Sidonia”. Dr. Gambín García, M.
12:05 h. “Entre afecto e historiografia- O arquivo privado da familia Phelps”. Faria, C. Centro de Estudos de História do Atlântico (Funchal).
12:15 h. “La documentación notarial como fuente para el estudio de los archivos familiares. Algunos ejemplos en el Archivo Histórico Provincial de Santa Cruz de Tenerife” Dr. Rodríguez Morales, C. AHPSCT
12:25 h. DEBATE
Seção 3. Sociedades atlânticas e arquivos de família
Moderadora: Dra. María Eugenia Monzón Perdomo. U. de La Laguna.
16:00 h. Conferência: “Élites, familia y movilidad social en el mundo atlántico: reflexiones y comparaciones”. Dr. Juan Ramón Núñez Pestano / Dr. Adolfo Arbelo García. Universidad de La Laguna.
16:45 h. “Archivos, documentación y patrimonio: el estudio de la conflictividad, estrategias socioeconómicas, influencia ideológica y poder de la elite eclesiástica canaria durante la Edad Moderna”. Quintana Andrés, P.
16:55 h. “La proyección atlántica en la novela inédita de José Agustín Álvarez Rixo Fray Luis de la Confución”. Dr. Ramos Arteaga, J. A; Rocío Palmero, A. Universidad de La Laguna.
17:05 h. Coffee break
17:25 h. “O Arquivo da Casa dos Condes da Praia da Vitória (sécs. XV-XX): fonte de memória e património cultural dos Açores.” Rodrigues de Sousa, A. S; Areias Nunes, D, M; Lima da Silva, J. F. Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro (Azores).
17:35 h. “Cartas da Madeira: correspondência do governador D. Diogo Pereira Forjaz Coutinho (1781-1798)”. Borges Gago, A. IEM/NOVA
17:45 h. “Archivos familiares en Gran Canaria: el archivo maldito de Felipe de la Nuez”. Delgado Hernández, L. M. Universidad de Las Palmas de Gran Canaria.
17:55 h. DEBATE
Seção 4. Políticas culturais e arquivos de família
Moderadora: Dra. Rute Dias Gregório. CHAM – U. dos Açores.
10:00 h. Conferência: “Arquivos Pessoais e de Família: os seus contextos e interações, nas políticas culturais“. Dra. Rosa Azevedo Arquivo Histórico Nacional da Torre do Tombo.
10:45 h. “O Arquivo Nacional de Cabo Verde e o desafio dos arquivos de família”. Silva Évora, J. Arquivo Nacional de Cabo Verde.
10:55 h. “Folia familiaria. Fondos personales y familiares del Archivo General de La Palma”. Dr. Poggio Capote. M. AGLP.
11:05 h. “Percursos custodiais dos arquivos de família através dos instrumentos de descrição documental do Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira: uma análise de conteúdo”. Ascensão de Macedo, L. S. Universidade de Coimbra.
11:15 h. “Historia material de los archivos familiares: tipos de papel y pautas de conservación”. D Dra. Díaz González, E. M. U. de La Laguna.
11:25 h. Coffee break
11:45 h. Mesa redonda
Moderador: Dr. Francisco Macías Martín (Director del Archivo Histórico Provincial de Santa Cruz de Tenerife)
  • Dr. Martinho de Brito
    Arquivo Nacional de Cabo Verde.

  • Dr. Miguel F. Gómez Vozmediano
    Archivo Histórico de la Nobleza – Univ. Carlos III Madrid.

  • Dra. Maria Fatima Araujo Barros Ferreira
    Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira.

  • Dr. Miguel Ángel Navarro Mederos
    Archivo Histórico Diocesano de San Cristóbal de La Laguna.

  • Dra. Ana Cristina Moscatel Pereira
    Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada (Azores).

13:00 h. DEBATE
13:20 h. Apresentação do nº 13 de Cartas Diferentes. Revista Canaria de Patrimonio Documental. Miguel Santiago, Presidente de ASARCA. Dr. Manuel Poggio Capote, editor da Revista.
13:30 h. Conclusões do congresso: Comité Organizador.
10:00 h. Saída de autocarro.
11:15 h. Boas vindas do Sr. Presidente da Câmara Municipal da Vila e Porto de Garachico.
11:45 h. Visita à Vila e Porto de Garachico pelo Dr. Carlos Rodríguez Morales (AHPSCT).
14:00 h. Almoço e ENCERRAMENTO do congresso pelo Diretor Geral de Património Cultural do Governo das Ilhas Canárias.

COMITÉ DE ORGANIZAÇÃO

  • Dra. Mª de Lurdes Rosa
    Universidade Nova de Lisboa
  • Dr. Juan Ramón Núñez Pestano
    Universidad de La Laguna
  • Dra. Rute Días Gregorio
    Universidade dos Açores
  • Dr. Vicente Suárez Grimón
    Universidad de Las Palmas de Gran Canaria
  • Dra. Ana Viña Brito
    Universidad de La Laguna
  • Dr. Nelson Veríssimo
    Universidade da Madeira
  • Dra. María Eugenia Monzón Perdomo
    Universidad de La Laguna
  • Dr. Antonio Correia da Silva
    Universidade de Cabo Verde
  • Dra. María Joao Cámara
    Universidade Nova de Lisboa
  • Dr. Francisco Macías Martín
    Archivo Histórico Provincial de Santa Cruz de Tenerife
  • Dª Judit Gutiérrez de Armas
    Universidad de La Laguna - Universidade Nova de Lisboa
  • Dra. Filomena Andrade
    Archivo Nacional de Cabo Verde


Secretariado da Organização

  • Dr. Carlos Rodríguez Morales
    Archivo Histórico Provincial de Santa Cruz de Tenerife
  • Dª María Encarna Ruiz Valdivia
    Archivo Histórico Provincial de Santa Cruz de Tenerife

COMITÉ CIENTÍFICO

  • Dr. Adolfo Arbelo García
    Universidad de La Laguna
  • Dra. Maria de Lurdes Rosa
    Universidade Nova de Lisboa
  • Dr. Pedro Cardim
    Universidade Nova de Lisboa
  • Dra. María Eugenia Monzón Perdomo
    Universidad de La Laguna
  • Dr. Pedro Bonoso González Pérez
    Universidad de La Laguna
  • Dra. Ana Viña Brito
    Universidad de La Laguna
  • Dr. Vicente Suárez Grimón
    Universidad de Las Palmas de Gran Canaria
  • Dra. Rute Díaz Gregorio
    Universidade das Açores

PROPOSTAS DE COMUNICAÇÃO

As propostas de comunicação poderão ser realizadas em qualquer das duas línguas oficiais do congresso: espanhol ou português.

As propostas de comunicação serão enviadas à Secretaria de Organização do Congresso dentro do calendário determinado na primeira circular (12/12/2017 - 16/02/2018). Nas propostas constarão os dados de identificação do(s) proponente(s), o título da comunicação e um resumo da mesma com o máximo de 500 palavras (veja-se o modelo de proposta de comunicação que se junta).

Cada participante ou grupo poderá enviar uma só proposta de comunicação.

O Comité Científico avaliará as propostas de comunicação baseando-se nos seguintes critérios: (a) a adequação da mesma à temática das seções do congresso, (b) o rigor e correção dos seus fundamentos e (3) a novidade e originalidade dos conceitos e teorias expostos pelo(s) autor(es).

Uma vez realizada a avaliação pelo Comité Científico, os proponentes serão notificados (individualmente) como «autor para correspondência».

Recebida a notificação de avaliação positiva, o(s) proponente(s) da comunicação deverá enviar o texto completo da mesma à Secretaria de Organização do Congresso antes do dia 16 de abril de 2018.

A Secretaria de Organização do Congresso acusará a recepção da comunicação e indicará ao comunicante os dados bancários para o pagamento da inscrição (30 euros).

O texto da comunicação deverá adequar-se às normas de edição contidas no formulário que se publicará na segunda circular.

A organização do Congresso publicará os resumos das comunicações aceites como material do congresso e publicar-se-ão nas atas do mesmo (em open access).

Formulário para propostas de comunicação: baixar.

Cartaz e brochura


Organizam

logo

logo
Universidad de
La Laguna
logo
IEM (Instituto de Estudos Medievais)
Universidade Nova de Lisboa
logo
Universidad de Las Palmas
de Gran Canaria
logo
CHAM
Centro de Humanidades / Universidade dos Açores
logo
Universidade
da Madeira
logo
Universidade
de Cabo Verde
logo
Arquivo Nacional
de Cabo Verde